NOTÍCIAS

Postado em 05 de Janeiro de 2018 às 16h00

SINJUSMAT protocola requerimento de informações ao TJ

SINJUSMAT O SINJUSMAT, diante da inusitada situação enfrentada pelo Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, decide requerer ao Tribunal de Justiça informações e documentos que servirão de...

O SINJUSMAT, diante da inusitada situação enfrentada pelo Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, decide requerer ao Tribunal de Justiça informações e documentos que servirão de embasamento para possíveis ações em prol dos direitos dos Servidores.

O SINJUSMAT tem acompanhado a elaboração dos cálculos de passivos dos Servidores e, principalmente, tem requerido seu pagamento à Administração do TJMT. A Administração, por sua vez, demonstrou total interesse em seu pagamento, autorizando o adimplemento, condicionado ao repasse financeiro que deveria ser efetuado pelo Governo do Estado.

Ocorre que este repasse não ocorreu de forma integral, frustrando o recebimento de direitos adquiridos dos Servidores do Judiciário. Portanto, a medida adotada pelo Governo do Estado em não repassar o duodécimo integral ao Poder Judiciário, além de ferir a autonomia dos Poderes, apresenta reflexos diretos nos diretos dos Servidores da instituição, legitimando o SINJUSMAT a tomar as medidas necessárias para sua regularização.

Os Servidores do Judiciário já tiveram seus subsídios pagos em atraso por dois meses no ano de 2017. Segundo o Presidente do SINJUSMAT “não podemos aceitar que os direitos dos servidores sejam preteridos pelo governo do Estado”.

Veja também

RESPEITO, IGUALDADE e DIREITOS: 8 de Março - parabéns, mulheres!08/03 Renda média de trabalhador homem é 26% maior que o salário de uma mulher. Jornal Estado de São Paulo – 8 de março de 2019 Aumento de 12% no número de registros de feminicídios. Uma mulher é morta a cada duas horas no país. Jornalistas Livres – 8 de março de 2019 No Brasil, segundo os dados divulgados hoje relativos a......

Voltar para Notícias