NOTÍCIAS

Postado em 29 de Setembro de 2017 às 10h51

Sinjusmat firma convênio com Studio Pilates

SINJUSMAT O SINJUSMAT, pensando sempre na melhoria da qualidade de vida e bem estar dos Servidores, firmou Convênio com o Studio Pilates, sediado no Bairro Morada do Ouro, nas proximidades do Tribunal de Justiça e Fórum da...


O SINJUSMAT, pensando sempre na melhoria da qualidade de vida e bem estar dos Servidores, firmou Convênio com o Studio Pilates, sediado no Bairro Morada do Ouro, nas proximidades do Tribunal de Justiça e Fórum da Capital.

O Convênio garante ao Servidor sindicalizado e seus dependentes (esposas, maridos e filhos menores) um desconto de 25% na mensalidade do pilates. Trata-se de uma excelente atividade física, com ótimos resultados, principalmente para os Servidores que cumprem uma rotina com muito tempo na mesma posição.

Façam todos bom proveito dessa excelente oportunidade.

Salientando, que o Sinjusmat está, também, voltado às Comarcas do interior do Estado para as quais aguarda indicações de possíveis Convênios que satisfaçam as necessidades dos Servidores.

Veja também

Requerimento é entregue ao Comitê Gestor Local13/09/17 No final da tarde do dia 11 de setembro o SINJUSMAT efetuou a entrega, via on line, de sua análise quanto determinados pontos da Minuta apresentada pelo Comitê Gestor Local. Além disso, integram o documento reivindicações para todas as classes de Servidores, independentemente da função desempenhada no Poder Judiciário. No final da tarde do dia 12 o documento......
Vice-presidente do Sinjusmat toma posse como conselheira do MTPrev23/02 Os conselheiros do MT Prev - Conselho da Previdência de Mato Grosso - reuniram-se nesta sexta-feira, 22, na Casa Civil, com o governador Mauro Mendes, membros da Magistratura e demais convidados. Na pauta a previsão orçamentária do......
TJ pode posicionar-se contra Taques e cobrar duodécimos atrasados23/05/18 O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso ( Sinjusmat) entende que, neste momento, cabe ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos, cobrar judicialmente os cerca de R$ 300 milhões em repasses......

Voltar para Notícias