NOTÍCIAS

Postado em 17 de Novembro de 2017 às 17h18

Sinjusmat e Distribuidores aguardam audiência com a Corregedora para tratar da Central de Arrecadação e Arquivamento

SINJUSMAT Desde a aprovação do Provimento nº 152017 – CM, que instituiu e implantou a Central de Arrecadação e Arquivamento em todas as Comarcas do Estado de Mato Grosso, o SINJUSMAT vem, incessantemente,...

Desde a aprovação do Provimento nº 152017 – CM, que instituiu e implantou a Central de Arrecadação e Arquivamento em todas as Comarcas do Estado de Mato Grosso, o SINJUSMAT vem, incessantemente, tentando agendar uma reunião com a Corregedora para, administrativamente, buscar uma solução harmoniosa para mais esta tarefa atribuída aos Distribuidores, Contadores e Partidores.

Independentemente desta iniciativa o SINJUSMAT também solicitou para sua Assessoria Jurídica a produção de um parecer jurídico quanto à atribuição de tarefa diversa daquela disposta em lei para os Distribuidores, o que estaria afrontando ao Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Remuneração (SDCR) Lei nº. 8.814-2008.

O parecer está pronto e, segundo o departamento jurídico do SINJUSMAT, aguarda apenas uma possível reunião com a Corregedoria antes da adoção das medidas legais necessárias para correção desta distorção que sobrecarrega, mais uma vez, a classe dos Distribuidores, Contadores e Partidores.

Para Rosenwal Rodrigues, presidente do Sinjusmat, “estamos preparados para lutar pelos Distribuidores. A primeira iniciativa é a busca de solução pela via administrativa mas, restando esta infrutífera, tomaremos as atitudes necessárias para a defesa de nossos sindicalizados”.

A presidência do Sinjusmat acredita que será recebida, juntamente com os Distribuidores, nesta próxima semana, entre os dias 21 e 24 de novembro. Caso não seja, comunicará a todos os próximos passos a serem adotados pelo seu departamento jurídico.

Imprensa Sinjusmat

Veja também

Conselho da Magistratura reconhece direito a acúmulo de cargos de servidores do judiciário26/02 Em decisão proferida no dia 20 de fevereiro, o Conselho da Magistratura do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso reconheceu o direito ao acúmulo de funções por parte de servidores efetivos, após recurso impetrado pela assessoria jurídica do Sinjusmat contestando decisão anterior do então presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos Ribeiro, que havia negado estes acúmulos de funções. O Conselho......
SOMOS DE LUTA - ESCLARECE O SINJUSMAT09/02/18 O Sinjusmat por dever de bem informar sobre a sua atuação, comunica à sociedade e, principalmente, aos Servidores do Poder Judiciário que a Dr. Célia Vidotti contrariando o entendimento que o Sindicato poderia exigir o......
Servidores são recebidos pelo Presidente do TJ 06/07/17 Atendendo a solicitação do Sinjusmat, o Presidente do Tribunal de Justiça Desembargador Rui Ramos Ribeiro recebeu na tarde do dia quatro de julho de 2017, a Diretoria do Sinjusmat acompanhada da classe dos Auxiliares e Técnicos......

Voltar para Notícias