NOTÍCIAS

Postado em 13 de Setembro de 2017 às 12h53

Senado analisa projeto que visa demissão de Servidores estáveis por insuficiência de desempenho

SINJUSMAT O projeto de lei do Senado que prevê a perda do cargo do servidor público estável por “insuficiência de desempenho” é o item 44 da pauta da Comissão de Constituição,...

O projeto de lei do Senado que prevê a perda do cargo do servidor público estável por “insuficiência de desempenho” é o item 44 da pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado desta quarta-feira, 13, a partir das 10h. O projeto de lei é de autoria da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE). O relatório favorável ao projeto foi apresentado por Lasier Martins (PSD-RS) na semana passada. Se votado e aprovado na CCJ, o projeto seguirá para votação no plenário do Senado. A estabilidade não é um “privilégio” dos servidores públicos. Sua existência é mecanismo de proteção do desempenho dos órgãos governamentais e das atribuições da União, de estados e municípios, para que sejam garantidos independentemente do partido ou do governo eleitos. O projeto abre sérios precedentes para a perseguição dos servidores, uma vez que tem por base a “avaliação de desempenho”, um critério subjetivo que submete a administração pública ao que há de mais perverso na lógica da iniciativa privada. O texto do projeto deixa evidente a sujeição esperada do servidor e a ameaça que está por trás da proposta: "a insuficiência de desempenho relacionada a problemas de saúde e psicossociais não será óbice à exoneração, se for constatada a falta de colaboração do servidor público no cumprimento das ações de melhoria sugeridas pelo órgão". Para o diretor do Sintrajufe/RS Rafael Scherer, o projeto de lei é flagrantemente inconstitucional, por vício de iniciativa: “a Constituição prevê iniciativa privativa do presidente da República para lei que disponha sobre regime jurídico e estabilidade dos servidores públicos da União. Esse projeto de lei não poderia ter sido proposto por senador. O Sintrajufe/RS está atento e enfrentará esse ataque politicamente e, caso necessário, também com os remédios jurídicos adequados”.

Matéria disponível em: http://www.sintrajufe.org.br/ultimas-noticias-detalhe/15138/projeto-que-preve-demissao-de-servidores-estaveis-por-insuficiencia-de-desempenho-esta-na-pauta-de-comissao-do-senado.

Veja também

Judiciário conclui formação de novos líderes08/12/16 O Poder Judiciário de Mato Grosso conta a partir desta quarta-feira (7 de dezembro) com 120 novos líderes. Profissionais que foram capacitados ao longo da atual gestão para desenvolver atividades de liderança nas mais diversas áreas do Judiciário estadual. Durante solenidade realizada nesta manhã no auditório Gervásio Leite, todos receberam o diploma de......
Sinjusmat participa de discussões relativas ao PTA 201802/08/17 Representantes do Comitê Unificado do Poder Judiciário de Mato Grosso e dos Sindicatos dos Oficiais de Justiça (Sindojus-MT) e dos Servidores do Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat) participaram da apresentação da......
Avanços da categoria são atribuidos a postura da liderança13/01/17 Mais um ano se inicia e com ele novos projetos são traçados, novas metas são propostas, novos desafios se apresentam e, mais uma vez, a fé e a esperança se renovam. Mas tão importante quanto projetar o futuro é......

Voltar para Notícias