NOTÍCIAS

Postado em 08 de Março às 15h01

RESPEITO, IGUALDADE e DIREITOS: 8 de Março - parabéns, mulheres!

Renda média de trabalhador homem é 26% maior que o salário de uma mulher.
Jornal Estado de São Paulo – 8 de março de 2019

Aumento de 12% no número de registros de feminicídios.
Uma mulher é morta a cada duas horas no país.

Jornalistas Livres – 8 de março de 2019

No Brasil, segundo os dados divulgados hoje relativos a 2018, a taxa é de 4 mulheres mortas para cada grupo de 100 mil mulheres, ou seja, 74% superior à média mundial.
Uma média de 4 mil mulheres foram assassinadas todos os anos na última década.

G1 – Globo – 8 de março de 2019

Estes são apenas alguns dados alarmantes sobre a situação das mulheres em nosso país. Muitos outros dados só confirmam que é urgente a necessidade de se ampliar esse debate e as políticas de combate à violência contra a mulher, e contra as desigualdades entre homem e mulher que ainda são alarmantes.

Por isso, antes de uma comemoração, o 8 de Março é dia de profunda reflexão.

Nesse sentido, o Sinjusmat parabeniza todas as mulheres pelo dia, mas também destaca o RESPEITO, a IGUALDADE e os DIREITOS das mulheres não só em seu dia, mas que se torne uma prática diária em nossa sociedade.

Veja também

Definido horário de plantão durante recesso22/12/16 O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Paulo da Cunha, determinou a publicação da Portaria nº 661/2016, que estabelece o expediente do Poder Judiciário de Mato Grosso durante o recesso forense (20 de dezembro de 2016 a 6 de janeiro de 2017) das 13h às 18h. O documento está disponibilizado na edição desta quinta-feira (17 de......
Sinjusmat reitera requerimento de URV27/07/17 Na tarde do dia 24 de julho o Sinjusmat reiterou o requerimento protocolado sob o nº 0157140-61.2016.811.0000 de 10/2016 onde requer o reconhecimento e pagamento de direitos relativos à URV. O Sinjusmat requer o reconhecimento do direito......

Voltar para Notícias