NOTÍCIAS

Postado em 13 de Fevereiro de 2017 às 22h53

O Sinjusmat lamenta a perda do colega Gil.

SINJUSMAT É com pesar que o Sinjusmat comunica o falecimento de Gildeci Oliveira da Costa, ocorrido nesta segunda-feira (12.02). Gil, como era conhecido por todos, estava com 52 anos de idade e há mais de um ano lutava contra um...

É com pesar que o Sinjusmat comunica o falecimento de Gildeci Oliveira da Costa, ocorrido nesta segunda-feira (12.02). Gil, como era conhecido por todos, estava com 52 anos de idade e há mais de um ano lutava contra um câncer.
Ele esteve à frente da Associação dos Servidores do Poder Judiciário de Cuiabá (Aspojuc), durante muitos anos. Foi um grande líder na busca de melhorias para os Servidores do Judiciário e idealizou a implantação do Sicoob Credijud que nasceu do sonho de criar uma instituição financeira voltada exclusivamente para os servidores do Poder Judiciário. Ele foi também suplente de vereador na Capital e chegou a assumir a vaga de Lueci Ramos.

Gil está sendo velado na Capela Jardins, e será sepultado no Cemitério Parque das Nações, no Jardim Imperial, em Várzea Grande.

O Sinjusmat, servidores e toda sua diretoria, lamentam profundamente a morte de Gil. Os nossos mais sinceros pêsames a toda sua família.


Foto: Reprodução
 

Veja também

Poder Judiciário decreta ponto facultativo durante jogos do Brasil na Copa do Mundo23/05 O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) divulgou na manhã desta sexta-feira (11) a Portaria 629/2018-PRES, que versa sobre ponto facultativo em dias de jogos da Copa do Mundo FIFA 2018, com a participação da Seleção Brasileira de Futebol. A medida visa o planejamento das atividades forenses e melhor prestação jurisdicional. A portaria foi......
Poderes decidem se aceitam congelamento em MT28/03/17 O governador Pedro Taques (PSDB) se prepara para uma série de reuniões com os demais Poderes – Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e......
TJ pode posicionar-se contra Taques e cobrar duodécimos atrasados23/05 O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso ( Sinjusmat) entende que, neste momento, cabe ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos, cobrar judicialmente os cerca de R$ 300 milhões em repasses......

Voltar para Notícias