NOTÍCIAS

Postado em 07 de Junho às 19h36

Auxiliares e Técnicos do Poder Judiciário optam por Adin por omissão para garantir o nível superior

SINJUSMAT Os servidores auxiliares e técnicos do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso debateram e aprovaram a iniciativa do Sinjusmat — Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário — que, por meio de sua...

Os servidores auxiliares e técnicos do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso debateram e aprovaram a iniciativa do Sinjusmat — Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário — que, por meio de sua assessoria jurídica, ingressará com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) por omissão do Poder Judiciário em relação a desigualdade no enquadramento inicial das carreiras.

A ação tem fundamento no dever constitucional de ser encaminhado um projeto de lei no sentido tratar com isonomia os servidores e servidoras que desempenham a mesma função.

"A Adin por omissão pode restabelecer esses direitos dos trabalhadores do Judiciário mato-grossense, por isso foi muito importante o apoio dos técnicos e auxiliares para essa iniciativa do sindicato. Nós, da assessoria jurídica, estamos empenhados no sucesso dessa iniciativa", pontuou Boaventura.

A assembleia geral realizada no Plenário do Fórum de Cuiabá contou com a participação de mais de 250 servidores auxiliares e técnicos do Judiciário, muitos deles do interior do estado, representando as diversas comarcas de Mato Grosso. Durante o seu desenrolar esses servidores também dirimiram dúvidas sobre outros assuntos de interesse coletivo, tais como a ação jurídica dos 48,34%, a segunda parcela dos 16,66% e auxílios alimentação e saúde. Além de apresentarem novas demandas à diretoria do Sinjusmat.

"Estamos atuando para resolver de fato essa demanda dos servidores auxiliares e técnicos do Poder Judiciário mato-grossense. O direito ao nível superior é o sonho deles, pois muitos desses auxiliares e técnicos buscaram qualificação e, infelizmente, não estão recebendo pelo trabalho que desenvolvem. Portanto, foi uma assembleia vitoriosa, onde a grande maioria se uniu em torno dessa iniciativa do sindicato", ponderou Rosenwal Rodrigues, presidente do Sinjusmat.

Confira na coluna ao lado algumas fotos da assembleia geral.

Veja também

Justiça dá 3 dias para Estado explicar atrasos antes de decidir bloqueio de R$ 250 milhões01/02/18 A juíza Celia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular de Cuiabá, deu um prazo de 72 horas para que o Governo do Estado se manifeste, através da Procuradoria Geral do Estado, sobre a ação proposta pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat). A entidade pede o bloqueio de R$ 250 milhões......
Sinjusmat é recebido pelo Tribunal de Justiça.02/02/17 Na manhã de ontem (01 de fevereiro) a Diretoria do Sinjusmat foi recebida pelo novo Vice Diretor Geral do Tribunal de Justiça, ocasião em que foram levantados vários questionamentos relativos à vida funcional dos servidores.......
Entenda como a reforma da previdência pode te afetar17/03/17 A reforma da Previdência altera de forma significativa o regime de aposentadoria do setor público, que passará a ter as mesmas regras do setor privado. Serão afetados pelas mudanças os servidores da União, dos estados......

Voltar para Notícias