01

    02

    Aba 1

    Rosenwal Rodrigues parabeniza o desembargador Carlos Alberto Rocha por sua eleição a presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça

    O presidente do Sinjusmat (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso), Rosenwal Rodrigues, em nome dos servidores do Poder Judiciário mato-grossense, parabeniza o desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, presidente do TJMT, por sua eleição nesta quinta-feira (20), de forma unânime, a presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre).

    "Antes de tudo, trata-se de um reconhecimento ao seu trabalho. Deixo aqui meus parabéns ao nosso presidente Carlos Alberto Rocha por mais essa conquista. Desejo a ele um bom trabalho em mais esse desafio, ao qual encontra-se plenamente capacitado", destacou Rosenwal Rodrigues.

    O Codepre é integrado pelos presidentes dos Tribunais de Justiça dos Estados e do Distrito Federal em exercício. Participaram da reunião de trabalho e da eleição da diretoria 22 presidentes.

    Juntamente com o desembargador Carlos Alberto, foram eleitos para integrar a Comissão Administrativa o desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco (presidente do TJSP) como vice-presidente; o desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos (presidente do TJPE) como secretário-geral; além dos três membros do Conselho Fiscal e Consultivo: os desembargadores Cláudio de Mello Tavares (TJRJ), Ricardo José Roesler (TJSC) e Washington Luis Bezerra de Araújo (TJCE).

    Dentre as atribuições do Codepre estão a defesa dos princípios, prerrogativas e funções institucionais do Poder Judiciário, especialmente no âmbito estadual; a integração dos Tribunais de Justiça em todo o território nacional, sobretudo mediante o intercâmbio de experiências funcionais e administrativas; a intermediação das relações entre os Tribunais de Justiça dos Estados e do Distrito Federal, as diferentes esferas dos órgãos judiciários, e os Poderes constituídos, com vistas ao aperfeiçoamento da prestação da tutela jurisdicional; o estudo de matérias jurídicas, das ciências correlatas e de questões judiciais com repercussão em mais de uma unidade da Federação; e a defesa da autonomia e independência do Judiciário dos Estados nos termos da Carta Magna.

    Como presidente do Codepre, o desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha passa a ter as funções de convocar e presidir as reuniões da Assembleia Geral e da Comissão Administrativa; dar execução às deliberações do Codepre; acompanhar, em todos os foros e instâncias, projetos ou matérias de interesse do Codepre; representar o Codepre, ativa e passivamente, em Juízo ou fora dele, bem como junto a órgãos públicos e particulares; e autorizar as despesas necessárias para a manutenção da entidade.

    Com assessorias.